Dureza da luz: a luz difusa

Curso de Fotografia

O que vai definir se uma luz é suave ou dura é o tamanho da fonte de luz. Ao contrário da luz dura, a difusa fica tão suave que mal dá para diferenciar luz e sombra. Apesar disso, é preciso saber que a diferença existe e sem ela os objetos não seria percebidos como tridimensionais.

Quanto mais longe do assunto, menor e mais suave a luz vai parecer. Existem também diversos acessórios que espalham a luz que está em contato direto com o objeto, tornando a fotografia mais homogênea e menos dramática.

Dureza da luz: a luz dura

Curso de fotografia

A luz dura é aquela que tem sombras bem marcadas. Elas acontecem porque a iluminação é feita de forma direta, ou seja,  sem difusão. Esse tipo de luz normalmente esconde feições do motivo fotografado e serve mais quando se deseja captar e transmitir uma atmosfera mais dramática à fotografia.

Fotografe o pôr do sol!

Curso de Fotografia

O desejo de muitas pessoas – principalmente as que viajam bastante – é conseguir tirar uma fotografia do pôr do sol perfeito. Neste artigo vamos ensinar algumas dicas de como fazer essa foto ficar incrível:

  • Para fotografar os últimos raios de sol da tarde é preciso um tripé, uma câmera com fotômetro pontual e uma noite bem clara.
  • Ajuste sua câmera para um ISO em torno de 400 ou 800.
  • A abertura não é crítica, de modo que pode ser deixada em algo como f/4.0.
  • Faça a fotometria em pontual na parte amarela mais forte.
  • Se já houver estrelas no céu, garanta que o tempo de exposição fique em torno de pelo menos 1 segundo, isto vai fazer com as estrelas apareçam.
  • Coloque a câmera no tripé, reenquadre e faça a foto.

Dica: “slow sync”

Curso de Fotografia

O modo “Slow Sync” no flash é ideal para quando fotografamos em ambientes escuros, mas que possuam alguma iluminação residual. Esse modo faz um balanço entre a luz ambiente e a intensidade do disparo do flash. A técnica de “Slow Sync” deixa a foto mais natural.

Efeito Flare

Curso de Fotografia

Flare é na verdade um defeito ótico causado pela luz e aparecem em forma de manchas hexagonais ou circulares. Mesmo sendo classificado como uma “imperfeição”, muitos fotógrafos acabam utilizando essas manchas como efeito fotográfico. Quando bem usado pode deixar a fotografia mais colorida e num tom mais quente.

Desvendando o Nu Artístico

Curso de fotografia

Engana-se quem pensa que essa aula é apenas para realizar fotos sensuais, ela é muito mais que isso. A criatividade do aluno é colocada em prática para que ele saiba lidar com todos os elementos da fotografia.  Você aprende a lidar com a direção da luz e  de pessoas. Esses conhecimentos podem ser utilizados em outras áreas, como exemplo temos o newborn e a fotografia de gestantes.

Os diferentes tipos de luz

Curso de Fotografia

Nós já sabemos que a luz é fundamental para a fotografia e cada variante dá um sentimento diferente ao motivo capturado. A luz dura, por exemplo, é uma luz mais forte e deixa o assunto mais expressivo. E a luz suave, deixa o assunto mais harmoniosa.